IDEXX SDMA

Estudo de caso sobre SDMA: Mary Jane

O SDMA ajuda a descartar doença renal em um cão extremamente musculoso com creatinina elevada

Informações básicas

Nome: Mary Jane
Idade: 3 anos
Raça: Leavitt bulldog
Sexo: fêmea

Motivo da consulta
Mary Jane havia acabado de se mudar para a região e foi ao veterinário para uma consulta de rotina e para saber sobre o estado de sua doença renal.

Histórico
Quando estava com um ano de idade, Mary Jane foi diagnosticada com doença renal por seu veterinário anterior quando foi à clínica para realizar uma ovariohisterectomia. Naquele momento, os tutores de Mary Jane foram informados de que ela provavelmente não viveria muito, uma vez que havia sido diagnosticada ainda muito jovem. Os tutores relataram que Mary Jane parecia ser um cão saudável e feliz apesar do diagnóstico de doença renal, e sua sede e micção estavam normais, sem acidentes urinários ou necessidade de sair para urinar durante a noite.

Seus tutores ouviram falar de um novo teste para doença renal em cães e gatos e acharam que ele talvez pudesse oferecer mais informações para possivelmente ajudar Mary Jane. Eles consideravam Mary Jane um membro querido da família e estavam tristes com a possibilidade de que seu tempo com ela fosse curto devido à doença.

Exame físico
Mary Jane estava esperta, alerta e responsiva (bright, alert, and responsive, ou BAR, em inglês). Sua temperatura, pulso e frequência respiratória estavam normais. Ela estava bem hidratada e parecia bem musculosa. O tutor havia levado cópias dos resultados dos exames laboratoriais de Mary Jane, realizados com o antigo veterinário, para que pudessem ser comparados aos resultados atuais.

Plano de diagnóstico

Foram recomendados painel bioquímico, incluindo o teste IDEXX SDMA; urinálise completa; teste SNAP 4Dx Plus; e exame parasitológico de fezes.

O HC de Mary Jane estava dentro dos limites normais e os resultados do seu teste SNAP 4Dx Plus foram todos negativos.

Análise diagnóstica

As implicações de um exame incompleto do paciente considerando as capacidades diagnósticas dos dias atuais:

  • Melhores informações produzem melhores resultados para o paciente e um diálogo mais adequado com os tutores de animais de companhia. As inovações em diagnósticos nos dão a oportunidade de identificar doenças de maneira mais específica, investigar causas subjacentes e complicações e planejar tratamento e cuidados de apoio para acompanhamento.
  • Embora o SDMA* e a creatinina sejam inversamente proporcionais à taxa de filtração glomerular (TFG), a sua precisão difere no que concerne a avaliação da função renal.Não há evidências de que o SDMA seja influenciado por medicamentos, idade avançada, ou massa muscular, como acontece com a creatinina.1,2

Diagnóstico

A função renal da Mary Jane estava normal. A creatinina não é específica para a função renal, e provavelmente estava elevada devido à massa muscular de Mary Jane.

Relatórios do paciente

Resultados de exames laboratoriais anteriores

Resultados de exames laboratoriais do IDEXX VetConnect

 

Discussão

A creatinina é um produto de decomposição do músculo e, portanto, a concentração de creatinina sanguínea é altamente influenciada pela condição muscular dos pacientes.

“O SDMA é um indicador de função renal mais confiável do que a creatinina”1,5

O caso de Mary Jane é um exemplo de como um animal de companhia saudável pode ter uma creatinina elevada acima do intervalo de referência, enquanto outros parâmetros de doença renal comumente avaliados (por ex., SDMA e gravidade específica da urina) estão dentro dos limites normais. O SDMA deve sempre ser avaliado primeiro junto à creatinina para analisar a saúde renal e a resposta ao tratamento com mais precisão.

Por que o SDMA é importante

Deslize para ver nossos software e produtos exclusivos.

Clique nas fotografias para saber como ações desencadeadas pelos resultados do teste IDEXX SDMA ajudaram Reese, Molly, Bess, Jimmy, Mary Jane, Scarlet e Zeke. Baixar os estudos de caso.

*Dimetilarginina simétrica.

Referências

  1. Hall JA, Yerramilli M, Obare E, Yerramilli M, Yu S, Jewell DE. Comparison of serum concentrations of symmetric dimethylarginine and creatinine as kidney function biomarkers in healthy geriatric cats fed reduced protein foods enriched with fish oil, L-carnitine, and medium-chain triglycerides. Vet J. 2014;202(3):588–596.
  2. Hall JA, Yerramilli M, Obare E, Yerramilli M, Melendez LD, Jewell DE. Relationship between lean body mass and serum renal biomarkers in healthy dogs. J Vet Intern Med. 2015;29(3):808-814.
  3. Nabity MB, Lees GE, Boggess M, et al. Symmetric dimethylarginine assay validation, stability, and evaluation as a marker for early detection of chronic kidney disease in dogs. J Vet Intern Med. 2015;29(4):1036–1044.
  4. Hall JA, Yerramilli M, Obare E, Yerramilli M, Jewell DE. Comparison of serum concentrations of symmetric dimethylarginine and creatinine as kidney function biomarkers in cats with chronic kidney disease. J Vet Intern Med. 2014;28(6):1676-1683.
  5. Hall JA, Yerramilli M, Obare E, Yerramilli M, Almes K, Jewell DE. Serum concentrations of symmetric dimethylarginine and creatinine in dogs with naturally occurring chronic kidney disease. J Vet Intern Med. 2016;30(3):794-802.