Testes de prenhez da IDEXX

Como uma amostra pode indicar a prenhez?

 
 

Deseja saber mais sobre testes baseados em amostras?

Entre em contato conosco

Produtores

O portfólio de testes da IDEXX permite confirmar prenhez em vacas, cabras, ovelhas ou búfalas d’água com o uso de amostras a base de leite ou sangue. Um resultado negativo de prenhez pode indicar mais do que a necessidade de reinseminação. Os testes de prenhez da IDEXX fornecem resultados precisos com apenas 28 dias.

  • Inicie o novo cruzamento rapidamente.
  • Avalie problemas de saúde que afetam a prenhez.
  • Agende visitas de ultrassonografia aos 45-60 dias, se ocorrer prenhez.
Encontre um laboratório perto de você

Complete list of species, sample types, and sensitivity

Veterinários

Como melhorar a reprodução e a saúde do rebanho

A inclusão dos testes de prenhez da IDEXX ao seu programa de manejo reprodutivo significa a possibilidade de obtenção de resultados precisos logo aos 28 dias.

Solicite agora

Realize testes em sua clínica

Testing as a complement to ultrasound and palpation

 

Exclua o custo com instrumentos no teste ELISA. Assista a este vídeo curto para ver como sua prática pode se beneficiar.

Com o teste rápido de prenhez com leitura visual da IDEXX, você pode executar testes em sangue na clínica e realizar a leitura e a interpretação dos resultados com facilidade. Todos sem a necessidade de investir em equipamentos.

  • Deixe as visitas de campo mais eficientes.
  • Atenda mais clientes com menos viagens.
  • Recomende estratégias para prevenção de doenças.
  • Comercialize vacas e novilhas não prenhes.
  • Detecte glicoproteínas associadas à prenhez (PAGs).

Laboratórios

Compartilhando resultados, fortalecendo relações

Ajude produtores e seus veterinários a melhorarem a eficiência reprodutiva com a detecção precoce e precisa. Depois, compartilhe os resultados com os dois. Isso coloca o seu laboratório no centro dos negócios de seus clientes. E isso gerará mais negócios para você.

Testes com amostras de sangue ou leite

O teste de prenhez bovina da IDEXX detecta, com excepcional precisão, glicoproteínas associadas à prenhez (pregnancy-associated glycoproteins, PAGs) em amostras de sangue de vacas (incluindo as submetidas a transferência embrionária), ovelhas, cabras, bisões e búfalas.

IDEXX Bovine Pregnancy Test

O teste de prenhez no leite da IDEXX (PDF) usa a confiável tecnologia do ensaio de imunoadsorção ligado à enzima (enzyme-linked immunosorbant assay, ELISA) para confirmar a prenhez logo aos 28 dias após o cruzamento (vacas, cabras e búfalas d’água) e 60 dias após o parto (vacas, ovelhas).

IDEXX Milk Pregnancy Test

Parceria para aumentar o volume de testes

Incentive mais veterinários a confiarem em seus serviços laboratoriais através da distribuição do teste rápido de prenhez com leitura visual da IDEXX. Realize testes de sangue na clínica ou em campo — sem investir em instrumentos de laboratório. Faça testes a partir de 28 dias (vacas, cabras) após o cruzamento para obter resultados em tempo real que possam dar suporte a ações precoces para melhorar as taxas de prenhez, a produção e os lucros. O teste também detecta prenhez em ovelhas e búfalas d’água.

IDEXX Rapid Visual Pregnancy Test

Complete list of species, sample types, and sensitivity types

Registre-se para saber como você pode se tornar um distribuidor.

 

Como avaliar a saúde global do rebanho

Muitas vezes, um resultado de gravidez sugere a presença de outros problemas de saúde. O compartilhamento de resultados com veterinários pode motivar outros testes para:


*Os percentuais representam perda gestacional entre os dias.

Referências

1. Vasconcelos JLM, Silcox RW, Lacerda JA, Pursley JR, Wiltbank MC. Pregnancy rate, pregnancy loss, and response to heat stress after AI at two different times from ovulation in dairy cows [resumo]. Biol Reprod. 1997;56(suppl 1):140. Citado por: Fricke PM. Managing reproductive disorders in dairy cows. Preleção apresentada em: 2000 North Dakota Dairy Cow College; 31 de janeiro–3 de fevereiro, 2000. http://www.ag.ndsu.nodak.edu/aginfo/dairy/Physiology/Managing%20Reproductive%20Disorders%20in%20Dairy%20Cows_files/Fricke%20disordersintro.htm. Acesso em 22 de setembro de 2015.