Box sizes and labels will vary.

RealPCR CSFV RNA Mix

Vírus da peste suína clássica (VPSC)

O teste IDEXX RealPCR CSFV RNA Mix é usado na identificação do RNA do vírus da peste suína clássica em combinação com os reagentes compartilhados da plataforma IDEXX RealPCR. As amostras podem ser testadas simultaneamente com quaisquer outros reagentes IDEXX RealPCR usando reagentes compartilhados e apenas um programa de PCR em tempo real.

* Disponibilidade/distribuição: Fora dos EUA 

 

Entre em contato conosco

Detalhes do teste


Características

  • Identificação do RNA do VPSC
  • Resultados em aproximadamente 70 minutos

Números e tamanhos das peças

99-56022 (100 reações)

Sobre a peste suína clássica (PSC)

O vírus da peste suína clássica (VPSC), o vírus da diarreia viral bovina (BVDV) e o vírus da doença da fronteira (Border Disease Virus, BDV) são os 3 membros do gênero Pestivirus da família Flaviviridae. O VPSC provoca graves perdas na indústria de suínos, uma vez que é altamente contagioso e patogênico e pode causar mortes generalizadas. Suínos infectados com o VPSC podem espalhar uma grande quantidade de vírus antes de apresentarem sinais clínicos da doença. Se os animais sobrevivem a uma infecção subaguda ou aguda, desenvolvem anticorpos ou tornam-se cronicamente infectados, uma situação em que os suínos excretam o vírus de forma intermitente ou contínua até a morte. Em porcas prenhes, o VPSC é capaz de atravessar a placenta e infectar o feto. Ele provoca abortos, mumificação fetal e natimortos; se a infecção ocorre em meados da gestação (~50-70 dias de gestação), podem nascer leitões fracos ou persistentemente virêmicos. Esses leitões persistentemente infectados são capazes de disseminar o vírus devido à ausência de resposta imunológica. Ocasionalmente, os suínos podem ser infectados com BVDV ou BDV. Essas infecções em suínos são geralmente leves e autolimitantes, mas é importante distingui-las da infecção por VPSC.



* Nem todos os produtos estão disponíveis e/ou registrados em todos os países.